Angra: Luis Mariutti participa de show de 20 anos do “Holy Land”

O próximo show do Angra, em São Paulo, no Tom Brasil, dia 13 de agosto, tem tudo para ser histórico e inesquecível para os fãs. Além de ser uma apresentação comemorativa de 25 anos de história da banda e também de 20 anos do álbum “Holy Land”, o grupo preparou uma série de novidades para este evento. Os ingressos já estão à venda e custam entre R$ 100 e R$ 170.

Para comprar seu ingresso acesse
http://grupotombrasil.com.br/angra

Uma destas surpresas é que o baixista Luis Mariutti (About2Crash), músico que gravou o icônico “Holy Land”, será um dos convidados do Angra. Esta é a primeira vez que Luis se apresentará com a banda desde 23 de outubro de 1999, data do último show dele no Angra, que aconteceu no Credicard Hall, em São Paulo.

Luis Mariutti gravou com o Angra os álbuns “Angels Cry”, “Holy Land”, “Freedom Call”, “Holy Live” e “Fireworks”. O músico também passou pelas bandas Shaman, Andre Matos, Motorguts e atualmente se encontra no About2Crash.

Além do baixista, o show terá como convidados o baterista Ricardo Confessori (Shaman) e o tecladista Juninho Carelli (Noturnall, Anie, Shaman). Na apresentação, inclusive, será a primeira vez que o Angra terá duas baterias ao vivo, já que o atual baterista Bruno Valverde dividirá o palco com Ricardo. O mesmo show com os convidados especiais será apresentado também no Rio de Janeiro no dia 26 de agosto no Vivo Rio.

Confira o vídeo exclusivo do bate papo entre Rafael Bittencourt e Luis Mariutti:

“Com produção da Top Link Music, a banda Angra irá realizar um show muito especial no dia 13 de agosto, no Tom Brasil, em São Paulo. Os ingressos já estão à venda e custam entre R$ 100 e R$ 170.

Para comprar seu ingresso acesse:
http://grupotombrasil.com.br/angra

Imagem

Será a primeira vez que o Angra apresentará o álbum “Holy Land” na íntegra na capital paulista, em comemoração aos 20 anos de lançamento do álbum, incluindo músicas nunca tocadas anteriormente como “Deep Blue”.

Outro fato bem especial é que além do show do Angra, os fãs vão ter a oportunidade de assistir duas grandes bandas brasileiras neste evento.

Importante salientar é que a produção de São Paulo preparou algo inédito e muito especial para os fãs. O show terá duas baterias no palco. Uma será do baterista Bruno Valverde e como convidado especial o ex-baterista do Angra, Ricardo Confessori, músico que gravou o álbum “Holy Land”.

Com muito orgulho, anunciamos que Torture Squad e Bruno Sutter são as bandas convidadas para abrir o show do Angra. Comemorando mais de vinte anos de estrada, o Torture Squad divulga a nova formação com o EP “Return of Evil”. Atualmente, a banda é formada por Amílcar Christófaro (bateria), Castor (baixo), Mayara “Undead” Puertas (vocal) e Rene Simionato (guitarras).

O ator e cantor Bruno Sutter vive um excelente momento em sua carreira: após os encerramentos das atividades da MTV Brasil em 2013, o artista investiu no empreendedorismo musical e transformou seu personagem “Detonator” em uma marca de sucesso. Em 2 anos e de forma totalmente independente, lançou 3 discos, um DVD duplo, e mesmo sem gravadora e sem lojas como suporte, atingiu a surpreendente marca de 10 mil discos vendidos. Em dezembro de 2015, o músico lançou o disco “Bruno Sutter”, um álbum de Heavy Metal “sério” com composições e produção musical do próprio.

“Holy Land” é um trabalho conceitual bastante elaborado que consagrou o grupo mundialmente e consolidou seu estilo diferenciado. A música erudita europeia e o heavy-metal se somaram aos ritmos afro-brasileiros e nossos temas folclóricos. Ambientado na época das navegações entre os séculos XV e XVI, a banda se utiliza da história do descobrimento do Brasil para contar a própria história.

Esta primorosa obra mostra que as fusões de estilo elaboradas pelo grupo são parte de um processo natural em consequência da miscigenação e a rica mistura cultural do nosso país. Todo o conceito de “Holy Land” explica e justifica as influências e referências musicais do grupo.
“Este foi o álbum que consolidou a identidade do grupo que já havia se consagrado na cena mundial com um rebuscado estilo neoclássico. Se apoiando na história do descobrimento do Brasil para a criação do conceito, Holy Land mostrou ao mundo através de combinações de rock progressivo, heavy metal e música brasileira a origem do grupo e de seus integrantes revelando o lado humano que sustenta o sucesso do Angra até os dias de hoje.”

Confira valores e setores:
Camarote – R$ 170,00
Frisas – R$ 150,00
Cadeira Alta – R$ 120,00
Pista Vip – R$ 160,00
Pista 1° Lote – R$ 100,00

Lembrando que o Angra acaba de lançar o  vídeo “Sinchronicity II”, do The Police, no último dia 07. O clipe foi gravado nas instalações do aeroporto privado da TAM, em São Carlos (SP), e tem uma ideia mais moderna e iluminação bem característica. Os músicos que gravaram o videoclipe foram Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra e vocal), Kiko Loureiro (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria). Detalhe especial para o dueto entre Fabio Lione e Rafael Bittencourt, um dos ápices do vídeo e que deve agradar os fãs do Angra. 
“Gravar este videoclipe no aeroporto da TAM foi muito especial e a direção de Drico Mello e Tony Tiger deu um ar futurista para o vídeo. “Synchronicity II” é uma de minhas músicas favoritas do The Police e gravar uma versão dela foi uma honra. Sua complexidade e simplicidade, ao mesmo tempo, tem tudo a ver com o Angra”, disse o baixista Felipe Andreoli. 
A produtora encarregada foi a Bros.Co Filmes e os diretores foram os renomados Drico Mello e Tony Tiger. Drico Mello já trabalhou com o Angra anteriormente nos videoclipes de “Storm of Emotions”, “Final Light”, “Black Hearted Soul” e “Silent Call”, além do DVD “Angels Cry Live”. 
Veja o videoclipe de “Synchronicity II”:



Sobre o álbum Secret Garden
Com pré-produção do renomado produtor Roy Z (Judas Priest, Bruce Dickinson, Halford), e produzido e gravado na Suécia pelo talentoso Jens Bogren (Kreator, Arch Enemy, Opeth), “Secret Garden” reúne tudo o que consagrou o Angra como uma das maiores bandas do estilo no mundo, com uma roupagem contemporânea e composições inspiradas.
Como quase em todos os trabalhos do Angra, “Secret Garden” é um disco conceitual e traz o seguinte questionamento: algo que não existe para os olhos ou não é percebido pelos sentidos pode ser concluído como inexistente? As músicas contam em capítulos a estória do cientista Morten Vrolik, que luta para recompor sua felicidade após um trágico acidente que tirou a vida de sua esposa. Diante da nova e dura realidade, Morten é forçado a rever seus valores e crenças ateístas para conseguir recuperar a sensação de satisfação pessoal que lhe foi roubada pelo destino. A súbita mudança de rotina, a capacidade de adaptação, a sincronicidade, a solidão, a culpa, a esperança e a força para se reerguer são alguns dos assuntos abordados nas letras. Sempre sob diferentes perspectivas, sejam religiosas, científicas, filosóficas ou simplesmente estéticas.

Assista o vídeoclipe de Silent Call, gravado no Japão

Site oficial:
http://www.angra.net

Outras informações:
http://www.toplinkmusic.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s