2012/03/03 – Andre Matos – Pindamonhangaba – Cervejaria Óbvio

E a espera havia terminado! Desde seu discurso em junho de 2011, no Kazebre Rock Bar, Andre Matos não havia mais feito shows com sua banda solo. Depois de vir ao Brasil com o Supergrupo Symfonia – desfeito em um simples comunicado de Timo Tolkki – a banda solo de Andre Matos estava de volta aos palcos.

Na noite do dia três de março, a banda se apresentou na cidade de Pindamonhangaba, interior de São Paulo, na Cervejaria Óbvio. Andre Matos Solo dá continuidade à turnê de divulgação do CD “Mentalize” (2009).

O show, marcado para as 23:30, começou após a uma da manhã. Embora a casa não fosse muito grande, estava lotada de fãs, ávidos por ver a banda do ícone do Heavy Metal nacional ao vivo.

O setlist, como previsto, começou com Leading On, faixa de abertura do CD, seguida por “I Will Return”. O público foi ao delírio.

Seguindo o set, do “Time To Be Free” – primeiro CD solo de Andre Matos, vem Rio e a primeira pausa, onde Andre agradece ao público, dizendo estar feliz em voltar aos palcos brasileiros e emenda a faixa título de seu mais recente lançamento, Mentalize.

Hora de relembrar os bons tempos de SHAAMAN com Innocence, executada a perfeição, mesmo sem Luis Mariutti no baixo e Ricardo Confessori na bateria. A platéia canta junto com seu mestre.

Hora do solo de Andre “Zaza” Hernandez. O músico simplesmente debulha nota atrás de nota em sua guitarra.

Mais um retorno ao primeiro CD da carreira solo com Separate Ways – cover da banda Journey.

O público não para nem por um segundo e a banda corresponde. Andre e seus pupilos parecem muito à vontade no palco.

Ainda na vibe “memory lane”, vem a Reason, faixa-título do segundo CD do SHAAMAN, seguida de The Myriad.

Então, abre-se realmente uma volta ao passado: à todos que pediam Viper (em sua maioria, Living For The Night), vem Prelude to Oblivion, do Theater of Fate e a clássica do Fireworks – Angra – Lisbon.

A banda se retira do palco, voltando para o bis com Holy Land, do CD homônimo do Angra.

Para a seqüência, nada menos que Carry On (Angels Cry/Angra) e Andre quase nem precisa cantar o hino do metal nacional. O público canta em uníssono.

E, então, vem o inesperado: uma espécie de JAM no palco, com Another One Bites The Dust, do Queen – banda favorita de Andre Matos – é executada em ritmo descontraído, em meio a apresentação dos integrantes.

Detalhe para Hugo Mariutti ao microfone no momento em que apresenta Andre Matos como o “Maestro do Metal”.

Para fechar a noite, mais uma volta ao passado, com Pride, do primeiro CD do SHAMAN – Ritual.

A banda se retira do palco aclamada sob palmas e gritos.

Ainda depois do show, se formou uma mesa para a noite de autógrafos, após os músicos concederem entrevistas à imprensa local.

Andre Matos segue com sua agenda, onde consta Workshop em Volta Redonda/RJ, no próximo dia 17/03 e show no Metal Open Air, em São Luis do Maranhão/MA, dia 20/04.

SETLIST:
Leading On
I Will Return
Rio
Mentalize
Innocence
Solo Zaza
Separate Ways
Reason
The Myriad
Prelude To Oblivion
Lisbon

BIS
Holy Land
Carry On
JAM – Another One Bites The Dust
Pride

Agradecimentos: Vera Kikuti & Cervejaria Óbvio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s